Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência de navegação. Ao continuar em nosso site, você concorda com a nossa política de privacidade.

Vilanova Artigas

1915 /1985

Brasil

João Batista Vilanova Artigas é um dos expoentes da arquitetura moderna brasileira. Nasceu em Curitiba, Paraná, se formou engenheiro-arquiteto na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP). Em sua vasta obra de mais de 500 projetos estão o Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o "Morumbi" (1953); o Edifício Louveira (1946); a Rodoviária de Jaú (1973), o Conjunto Habitacional Zezinho Magalhães (CECAP - 1969) e o edifício da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP (1962). Artigas levou seu ofício para além da prancheta. Atuou em grupos de artistas, conselhos de revistas culturais, de museus e associações, no Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), além de militar no Partido Comunista Brasileiro (PCB).

 Foi professor na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, instituição da qual foi um dos idealizadores e dos fundadores. A proposta curricular da FAU-USP por ele elaborada serviu de modelo para todas as faculdades de arquitetura que surgiram depois dela no país. Em 2023, a ETEL em parceria com o Instituto Virgínia e Vilanova Artigas, gerido pelos netos do arquiteto, lança primeira parceria de licenciamento com a edição limitada dos módulos Artigas 166 a partir do estudo da peça original e dos esboços do próprio Artigas.

“A cidade é uma casa. A casa é uma cidade.”

VILANOVA ARTIGAS

Fundado em 2020, o Instituto Virgínia e Vilanova Artigas (IVVA), é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos com sede na cidade de São Paulo, dedicada à preservar e divulgar o legado do arquiteto e professor João Batista Vilanova Artigas (1915-1985) e de sua companheira, a artista plástica Virgínia Artigas (1915-1990).

 

O logotipo do Instituto é uma homenagem ao escritório “Vilanova Artigas SC Ltda”. O desenho foi feito por Virgínia usando técnica de xilogravura em 1970, a pedido de Vilanova para dar uma nova identidade visual ao seu estúdio de projetos.

 

O Instituto tem como missão dar continuidade à Fundação Vilanova Artigas - ativa entre 1985 e 2008 - e ao conjunto de ações do Centenário do Arquiteto - documentário, exposição e lançamento de livros - realizado em parceria com o Itaú Cultural em 2015. Seus objetivos são garantir a conservação e organização do acervo do casal – atualmente constituído por desenhos, projetos, correspondências, documentos, fotos, objeto e outros; facilitar o acesso ao público; colaborar em publicações, exposições, palestras e seminários dentro do campo cultural e educacional dentro e fora do Brasil, para assim manter os valores de Virginia e Vilanova em diálogo com o presente.

 

Atualmente a instituição é gerida por seus netos, o arquiteto Marco Artigas Forti e a documentarista e jornalista Laura Artigas Forti. No conselho do Instituto estão os urbanistas Ursula Troncoso e Pedro Vada, e a cineasta Gal Buitoni. Entre as atividades já realizadas pela entidade desde sua fundação está a mostra “Vilanova Artigas: drawing models” , apresentada em Lausanne, Zurique e Luxemburgo, entre agosto de 2022 e fevereiro de 2023. 

 

A exposição na Aberto é a primeira parceria institucional do IVVA no Brasil.

 

Aparador Artigas 166

Vilanova Artigas

Aparador Artigas 166

Estante Artigas 166

Vilanova Artigas

Estante Artigas 166

Livreiro Artigas 166

Vilanova Artigas

Livreiro Artigas 166

Responsive

Sergio Rodrigues

Responsive

Branco & Preto

Responsive

Jorge Zalszupin