Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência de navegação. Ao continuar em nosso site, você concorda com a nossa política de privacidade.

Lina Bo Bardi

1914 /1992

Brasil

Lina nasceu na Itália e encontrou em São Paulo terras férteis para a sua arquitetura modernista, executada entre as décadas de 1950 e 1970. Erguia paredes pouco convencionais, entre elas as do Museu de Arte de São Paulo, do Museu de Arte Moderna da Bahia, do Sesc Pompeia e da sua Casa de Vidro – hoje sede do Instituto que leva seu nome.

No entanto, o trabalho da ítalo-brasileira não se restringia às formas do edifício. Desenvolvia estudos, elaborava projetos e programas culturais, criava usos, encontrados na essência de cada espaço. Permeou o mundo das artes, da ilustração, da cenografia, dos grafismos, do design de interiores e do mobiliário.

institutobardi.com.br

 

A beleza em si não existe. Existe por um período histórico, depois muda. Eu procurei no MASP, retomar certas posições. Não procurei a beleza, procurei a liberdade. Os intelectuais não gostaram, o povo gostou: "Sabe quem fez isso? Foi uma mulher"

LINA BO BARDI

Ao lado de Giancarlo Palanti, no Studio de Arte Palma, Lina enveredou-se pelo design de mobiliário. Juntos fundaram uma pequena fábrica de móveis, a Pau-Brasil, responsável pela confecção das peças da arquiteta à época. 

Carrinho de Chá LBB

Lina Bo Bardi

Carrinho De Chá Lbb

Poltrona de Balanço

Lina Bo Bardi

Poltrona De Balanço

Cadeira Bola de Latão

Lina Bo Bardi

Cadeira Bola De Latão

Responsive

Oscar Niemeyer

Responsive

Gregori Warchavchik

Responsive

Vilanova Artigas